Melhor reduzir a parcela ou o prazo do financiamento?

É melhor reduzir prazo ou parcelas do financiamento imobiliário

Melhor reduzir a parcela ou o prazo do financiamento?

Qualquer financiamento, quando realizado, possui uma taxa de juros cobrada em cima do valor de cada parcela. Logo, se você escolher reduzir as parcelas, você terá um alívio passageiro, pois sua dívida continuará a partir da parcela que não foi paga.

Realizando a redução do tempo de pagamento, diminuindo o prazo de financiamento você pagará menos juros. A opção de alterar o valor das parcelas só é válida se o valor for acima da sua capacidade de pagamento, lembrando que ao reduzir o valor das parcelas você incluirá mais juros no seu parcelamento.

Algumas pessoas preferem utilizar o valor do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), das férias ou do seu 13º salário para amortizar seu financiamento, porém é algo arriscado visto que você terá apenas um alívio que durará pouco tempo e nada foi resolvido.

Quando você diminui o prazo para pagamento do financiamento imobiliário, você diminui os juros incidentes nas parcelas, uma vez que seu saldo devedor será reduzido. Quanto mais longa for sua dúvida, maior será o valor cobrado nas parcelas.

No momento em que conseguir a redução do prazo de financiamento, você pode antecipar o valor das parcelas, pois você conseguirá quitar sua dívida em pouco tempo. As taxas de serviços administrativos que estão incluídas no valor do parcelamento e conseguirá uma redução significativa dos valores dos seguros MIP (Morte e Invalidez Permanente) e DFI (Danos Físicos do Imóvel).

Para que você consiga utilizar o seu fundo de garantia (FGTS) para amortização do seu financiamento é preciso que seu imóvel tenha sido concedido de forma regular pelo Sistema Financeiro da Habitação. Existe outra regra que diz que você só poderá utiliza-lo no intervalo de dois anos após a última utilização e, além disso, suas parcelas não podem estar em atraso.

Antes de você assumir qualquer compromisso de pagamento em longo prazo, como financiamentos e empréstimos você precisa estar muito atento para as condições de pagamento, regulamentos para amortização dos juros e o percentual de comprometimento da sua renda mensal.

Pesquise diversas instituições antes de tomar qualquer decisão e escolha a instituição que te oferecer o menor custo efetivo total, pois assim você terá certeza do menor custo.